Tratamento sem Internação para Dependência Química

Tratamento sem Internação para Dependência Química

Tratamento sem Internação para Dependência Química

 

Inicialmente é importante salientar que a dependência química é uma doença que envolve o uso de substâncias químicas e ou alcoólicas, (SPA – Síndrome de Dependência a Substâncias Psicoativas) sejam elas lícitas ou ilícitas, uma doença progressiva, com consequências destrutivas para si e para os que compõem a sua volta.

 

Dentro de uma breve análise cognitiva comportamental observamos que o indivíduo que faz o uso de tais substâncias, o faz a procura de um prazer imediato, pois já não possui habilidades ou repertório comportamental suficiente para trabalhar com suas questões emocionais, essas provocadas por crenças e pensamentos automáticos disfuncionais. Dentro de todo esse contexto, vale ressaltar que embora se trate de uma doença progressiva, há tratamento, e as chances aumentam de o indivíduo buscar ampliação da sua qualidade de vida sem o uso de drogas, a partir do momento que o mesmo busca ajuda, compreende que já não tem domínio sobre a doença, que necessita de cuidados e orientações especificas.

 

A Clínica Especializada C-TES, a partir da abordagem cognitiva comportamental e tratamento multidisciplinar possui um método de tratamento voluntário sem internação, ou seja, ambulatorial, para que possamos tratar do indivíduo dependente de substâncias psicoativas e de seu contexto familiar sem que o mesmo esteja internado, preservando seu meio social e familiar, de tal maneira o paciente será ouvido, acolhido, orientado com intervenções, psicológicas, médica psiquiátrica, física e nutricional com técnicas baseadas nos princípios da Clínica de Reabilitação desenvolvendo um Plano de Tratamento Diferenciados por Perfil de Paciente.

 

Tratamento sem Internação para Dependência Química

O paciente poderá ter a experiência e desfrutar de uma vida sem drogas e de um tratamento especializado, e a partir disso mantém seus ganhos comportamentais dentro do seu ambiente social e familiar.

 

Como funciona o tratamento sem internação?

O tratamento sem internação possui etapas bem definidas para a ação que deve desenvolver em prol do dependente, tais como: Terapia Cognitiva Comportamental, Terapia Racional Emotiva, Neuropsicologia, Psico-educação, Terapia Ocupacional, Psicoterapia Individual e em Grupo, Plano de Prevenção a Recaída, Atendimento Psicológico e Psiquiátrico. Como todo tratamento, este também requer acompanhamento profissional e qualificado para obter os resultados desejados.

Dúvidas Frequentes Sobre o Tratamento sem Internação para Dependência Química

 A internação na nossa clínica de recuperação afasta o dependente químico da droga e do meio em que convive temporariamente, sendo que mesmo vivenciando o período de ressocialização, terá dificuldades em resolver os conflitos e situações difíceis ao retomar suas atividades cotidianas, aumentando os riscos de recaídas.
Já no tratamento ambulatorial o dependente químico se mantém inserido em seu contexto social, podendo trabalhar as questões relativas a hábitos, atitudes, comportamento e sentimentos frente à droga.

A internação para dependentes químicos é basicamente o último recurso em caso de gravidade da enfermidade apresentada pelo indivíduo. A clínica de recuperação ctes trabalha há anos nesta linha e busca diferenciar entre as demandas daqueles que nos procuram e suas reais necessidades.

Vários fatores serão levados em consideração na entrevista clínica, a fim de determinar os caminhos para iniciar o tratamento do cliente e das orientações aos familiares.

Quando chegarmos à conclusão que a internação será o recurso necessário a determinado indivíduo em estágio grave, será a partir daí, que os encaminhamentos para tal procedimento inicializados.

É importante destacar que oferecemos internações apenas para as dependências químicas de substâncias psicoativas (drogas, incluindo medicamentos e álcool). Para todas as outras questões que tratamos realizamos o acompanhamento ambulatorial.

Popularmente e até mesmo por responsabilidade de muitos que trabalham com dependência química, é comum associar e entender a internação como sinônimo de tratamento para a dependência química. Na Clínica de recuperação ctes, desconstruímos este engano entendendo que há pessoas que usam substâncias, que eventualmente abusam do mesmo e ainda aquelas que desenvolveram a dependência química de substâncias. Neste último caso há ainda a variação de estágios como dependência leve, moderada e grave.

Sendo assim, cada um desses estilos de uso e ou estágios da dependência química, requer uma abordagem específica. Entendemos que muitas vezes até a dependência química moderada, os pacientes necessitarão de tratamentos sem internação. Já ocorreu em inúmeros momentos, ser possível tratar o dependente químico grave em ambulatório sem que ele necessite ser internado.

Só o profissional experiente, com graduação superior em saúde e especialista no assunto conseguirá entender bem o grau e o tratamento adequado para cada necessidade.

Vale destacar que a clínica de recuperação ctes possui uma linha específica de tratamento que é a Terapia Cognitivo Comportamental e conta com projeto terapêutico para cada uma das necessidades atendidas. As sessões são estruturadas e já nas avaliações o cliente entenderá para onde caminharemos juntos em sua melhora.

Tal projeto terapêutico foi desenvolvido por equipe multidisciplinar (profissionais da saúde especialistas) a partir da abordagem psicológica acima citada.

Agende uma entrevista com um de nossos profissionais e comprove!

Dúvidas?
Se você tem dúvidas sobre o Tratamento da Dependência Química

Solicite um Atendimento

Avalie este conteúdo