Terapia Racional Emotiva

Terapia Racional Emotiva (TRE) no tratamento da dependência química

A Dependência Química é um dos problemas de saúde pública mais graves da atualidade. Trata-se de uma doença social que traz grandes prejuízos para a sociedade.

Apesar de não haver evidências de transmissão genética, o ele é tratado como uma doença hereditária pelos cientistas, o que significa que pessoas que têm dependentes químicos entre os parentes possuem mais chances de desenvolver uma dependência química.

Sendo assim, o papel da família também é muito importante para traçar meios de manter seus membros longe das drogas e assim evitar danos futuros.

Uma vez que uma pessoa desenvolve a dependência química, ela precisa passar urgentemente por um tratamento. Uma das etapas desse tratamento em uma das nossas Clínicas de recuperação é a terapia racional emotiva (TRE). Continue fazendo a leitura desse post para entender melhor como funciona a TRE.

O que é terapia racional emotiva?

A TRE é uma abordagem terapêutica criada pelo psicólogo Albert Ellis. É também conhecida como terapia racional emotiva comportamental (TREC).

O alicerce da TREC é conquistar mudanças nos padrões de pensamento do indivíduo, na forma como ele interpreta os acontecimentos de sua vida e nos pensamentos sobre o mundo, sobre si mesmo e sobre os outros.

Ellis acreditava que a perturbação emocional não é causada pela situação em si, mas pela interpretação que o sujeito tem dessas situações.

Segundo o modelo ABC de Ellis, os acontecimentos ativadores passam pelo sistema de crença do indivíduo antes de provocarem os impactos emocionais ou de comportamento.

Antes de reagirmos aos estímulos, avaliamos o sentido que esses impulsos reproduzem em nossas mentes de acordo com a nossa história passada e atual.

Como a terapia racional emotiva é utilizada no tratamento da Dependência Química?

 A base da terapia racional no tratamento da Dependência Química é que os pensamentos geram sentimentos e não necessariamente as pessoas ou situações. Cada indivíduo tem uma forma diferente de ver as coisas e reage de sua própria maneira.

No tratamento da Dependência Química, a TRE tem como finalidade fazer com que o paciente reconheça sua forma errônea de pensar e tenha uma visão real da sua situação atual, baseada em experiências da sua própria vida, do seu contexto e ambiente e assim mude suas ações.

Ou seja, a terapia reorienta os pensamentos para, a partir deles, as ações acontecerem. No tratamento realizado em nossa clínica de recuperação essa terapia é aplicada e praticada para se obter melhores resultados gradativamente.

Todo o procedimento é feito com muito amor, paciência e respeito, levando sempre em consideração a individualidade de cada alcoolista. Conheça uma de nossas unidades e converse com nossos profissionais!