• 22
  • Julho
  • 15
Clinica de Recuperação
Autor

Campanha Nacional Seja um Vencedor!
Quem Ama não Desiste

Dicas para você lidar com pessoas que tem problemas com álcool e drogas

É fato que todos nós conhecemos ou já tivemos contato com pessoas que tem problemas com álcool ou outras drogas.

Qual nossa postura diante desta realidade, como devemos agir?

Fique sabendo como proceder e conheça as respostas mais frequentes diante desta realidade:

Quando que o consumo de álcool e drogas se torna exagerado?

Não existe uma consideração quanto ao uso de álcool e outras drogas que seja seguro, mesmo as drogas de consumo lícito como cigarro e álcool causam sérios comprometimentos e prejuízos à saúde. Quando percebe se que o consumo começa a prejudicar as relações humanas, ás áreas profissionais e acadêmicas, e começam a aparecer prejuízos também nas finanças é certo que os limites já foram ultrapassados.

Por que somente algumas pessoas ficam viciadas e se tornam dependentes de drogas?

A dependência química é uma doença classificada pela Organização Mundial da Saúde, e tem um perfil ao qual devemos prestar atenção, mesmo sendo uma doença de comportamento as pessoas que se tornam dependentes não tem uma deficiência moral ou de caráter, mesmo que a mentira, manipulação, falta de senso de responsabilidade, o exagero, e outros sejam características da dependência, a doença não está na constituição da personalidade, qualquer pessoa exposta ao uso de substâncias químicas pode se tornar dependente, existem vários fatores para que isto ocorra, como influência genética, aceitação de um grupo, fazer parte de uma turma, influências das relações ao qual escolhemos, falta de habilidades de lidar com coisas do cotidiano, instabilidade emocional e psicológica.

Drogas e álcool causam falsa sensação de prazer, intolerância física, cada vez que se usa o corpo pede mais, usa se mais, queira mais drogas e outros tipos de drogas, deve se dar uma atenção especial a estas informações.

Como devemos abordar sobre tratamento de dependência de drogas e álcool?

Não demonstre intolerância quando estiver com alguém que está sofrendo esta doença, não existe doença boa, existe apenas doença, cada um apresenta seu grau de comprometimento nas mais variadas áreas da vida, traga acolhimento para um usuário de drogas, as drogas causam uma patologia ainda muito complexa de se tratar e ser conduzida por apresentar em seu conjunto de sintomas características de comportamento de cunho moral, deixando uma linha muito próxima de uma pessoa com a dependência de drogas de uma pessoa normal com comportamento desajustado e caráter duvidoso.

Motive a pessoa a vida, mostre que a dependência causa comprometimento físico e que o sucesso na vida tanto nas relações humanas e profissionais ficam para traz, aponte soluções e mostre caminhos.

Por que mostrar para o dependente que o tratamento é a solução?

A dependência de drogas e álcool é uma patologia, uma doença, que associado ao comportamento acaba muitas vezes trazendo características de outras doenças da área da saúde mental, isto reflete diretamente na necessidade de ter profissionais com abordagens especificas nas áreas da saúde, somente boa vontade não trata um dependente, também por que a característica mais explicita de um dependente é a falta de discernimento e poder de decisão quanto ao tratamento, pelos simples fato de não se perceber e não aceitar ajuda, uma vez que as drogas tiram esta condição, outro fator não menos importante é que a fala de um dependente de álcool e drogas é sempre muito parecida, na maioria das vezes não reconhecem que tem um problema, não aceitam ajuda, e projetam a dificuldade para coisas e pessoas, isto acaba interferindo ainda mais neste processo.

A fase de abstinência ou interrupção do uso de drogas também deve ser observado, nesta fase o dependente para de usar, mas sintomas com ansiedade, falta de sono, dificuldade na alimentação, ou até pessoas com, mas comprometimentos nas funções hepáticas podem ter sequelas neste período de tentativa de abster-se de drogas sem auxilio profissional.

A assistência médica, as técnicas e linhas de abordagens de tratamento devem desenvolver soluções mais tranquilas e seguras para dependentes de drogas e álcool.

Qual a melhor ferramenta atual para tratar um dependente de drogas e álcool?

Atualmente para tratar a dependência, é necessário interromper o uso, sendo assim, na maioria dos casos o dependente não consegue fazer isto sem sair do meio que vive e mudar completamente seu hábitos, o processo de internação adequada a cada caso é a melhor decisão, mesmo que o dependente não aceite tal processo, pois a saúde, a integridade e a vida do dependente e de sua família estão em jogo, sempre um profissional da área deve avaliar e tomar posse da melhor conduta quanto ao tratamento, enfatizando que o mesmo deve ser feito imediatamente para preservar e proteger o interesse de todos envolvidos.

Quando a pessoa não aceita o tratamento como devemos fazer?

A família tem o direito amparado pela legislação federal de recorrer a internação involuntária, esta modalidade deve ser aplicada quando o dependente está colocando em risco sua vida e a vida de seus familiares.

Para efetuar este procedimento a clínica escolhida deve ter profissionais da área da saúde multidisciplinar e serem qualificados para acompanhar um caso com este perfil.

O mais importante antes de internar é conhecer o local e saber o máximo sobre a empresa.

Venha para a CTES, Transforme sua vida!