Critérios para caracterizar dependência de Álcool e Drogas

Clinica de Recuperação

Critérios para caracterizar dependência de Álcool e Drogas SPA (Substâncias Psicoativas)

Segundo o DSM – IV alguns critérios são colocados para caracterizar o indivíduo dentro do quadro de dependência, manifestados por três ou mais critérios sendo esses:

  • •  Tolerância:

        • 1  Quando o indivíduo almeja quantidades maiores da substância química para alcançar o efeito desejado;
        • 2  Aguçada diminuição do efeito com o uso ininterrupto da mesma quantidade da substância química.


  • •  Abstinência e alivio dos sintomas pelo uso:

  • 1  Caracterizada pela síndrome de abstinência oriunda da substância;

  • 2   E no momento que a substância química é utilizada a fim de evitar ou abrandar tais sintomas da abstinência.

 

  • •  Craving e falta de controle:

  • 1  Forte desejo pelo uso da substância química, e realizadas tentativas mal sucedidas a fim de se abster do uso.

  • •  Saliência do Comportamento:

        • 1  A substância química é consumida em quantidades relevantes (maiores) de maneira mais frequente.

        • 2  É utilizado um excessivo tempo em atividades necessárias para o alcance da substância.

        • 3  O uso persiste mesmo tendo a consciência obter um problema psicológico ou físico circular, que tende a ser acentuado pelo uso da substância.

        • 4  O indivíduo se afasta, ou mesmo abandona atividades sociais ocupacionais, por conta do uso da substância.

 

  • •  Dependência Fisiológica

        • 1  Com ou sem dependência fisiológica.

  • •  Sintomas Atuais

  • 1  Remissão completa inicial

  • 2  Remissão parcial inicial

  • 3  Remissão completa mantida

  • 4  Remissão parcial mantida

 

Fonte: CORDEIRO Daniel Cruz. DIEHL Alessandra. LARANJEIRA Ronaldo. Dependência Química: Prevenção, Tratamento e Políticas Públicas. Artmed Editora, 2009.